5 resultados de marketing digital que você não quer ter

0 Postado por - 5 de abril de 2016 - Marketing, Marketing Digital, Mensuração de Resultados

Você quer contratar uma agência de marketing digital e não sabe por onde começar? Comece perguntando: quais resultados vocês irão me trazer e cuidado com as respostas que indicam métricas de vaidade ou métricas indiretas.

  • Número de seguidores / fãs dos perfis / páginas – Não que isso não seja importante, principalmente na construção de uma marca, mas quanto deste público realmente vê seu conteúdo, se engaja e vira um cliente em potencial? Muitos se baseiam nos números da concorrência para analisar influência e querem números altos para “impressionar”. Porém, se estes “fãs” não são ativos – muitas vezes nem reais são – não adianta contar com números gigantescos.
  • Likes nos posts – Likes, compartilhamentos, visualizações (ou reposts, RTs) mostram engajamento, mas muitas vezes mostram somente que seu público achou aquela imagem bonita, ou uma frase interessante, mas não necessariamente entenderam que por trás delas você quer passar uma mensagem, vender o seu produto. Este tipo de conteúdo não é descartável, mas tem que ser combinado com posts mais relevantes e focados na sua estratégia.
  • Números imensos de seguidores com poucos likes nos posts – Nessa comparação fica evidente a falta de engajamento e, inclusive, um tema mais importante, a de compra de seguidores, uma prática esclusa, mas que existe no mercado e na qual muitas grandes empresas caem.
  • Acesso ao site (pageviews) – Também é bacana que mais pessoas visitem o seu site, mas você sabe quem elas são? Está captando estes contatos de alguma forma? Mapeando-os? Quem são os usuários novos e quem está rodando em seu site, perdido, esperando uma orientação? Quantas perguntas a responder.
  • Alcance – O alcance das publicações, sozinho, não mostra quase nada. Isso porque, se considerarmos o Facebook, por exemplo, ele considera alcançada uma pessoa que teve seu post “passando” pelo feed de notícias. Não temos nem a garantia de que ela viu o conteúdo, quanto mais que ele a impactou.

Todas estas métricas são úteis, mas só quando analisadas por quem sabe e se combinadas de forma correta com outros indicadores. E vale lembrar do objetivo final de todas as empresas: ter lucro, vender. A pergunta a se fazer – e fazer ao seu fornecedor – é: como estas métricas se transformam em negócios? Quantos destes acessos me trouxeram leads, clientes, converteram em venda? Ainda são poucos os que oferecem esse serviço ponta a ponta, em que é evidente que seu ROI (retorno sobre investimento ou return on investment) está sendo efetivo.

As métricas de vaidade também são pouco efetivas, pois não mostram onde exatamente há que se mudar a estratégia para que os resultados desejados sejam atingidos.

A grande vantagem do Marketing Digital, quando comparado ao tradicional – TV, rádio, impressos – é a possibilidade de mensuração, então não perca a oportunidade de saber exatamente com quem está falando e contrate uma agência que saiba o que está fazendo.

Ana Flávia Lacchia


Comments

comments

Sem comentários

Deixe uma resposta