Empreender é reinventar velhas competências com o objetivo de INOVAR!

0 Postado por - 31 de maio de 2016 - Empreendedorismo

Vivemos em um mundo onde todos precisamos de desenvolvimento constante. Na época de nossos avós quem tinha segundo grau completo era bem empregado, ganhava bons salários e passava anos de sua vida trabalhando para uma única organização. Já na época de nossos pais, quem tinha faculdade era o “rei da selva”, pois os cursos eram inacessíveis e a competição bem menor.

Hoje vivemos a era do desenvolvimento constante, graduação é item básico, depois aparecem o MBA, cursos internacionais, fluência em diversos idiomas, Mestrado, Doutorado, Pós doutorado e uma carreira sólida com muitos anos de estudos paralelos a experiência profissional. Porém, entre todos os diplomas na parede o que nos diferencia são competências e dos valores profissionais!

Acredito fielmente que não existe “receita de bolo”, formação sólida ou experiência específica para empreender. Conheço engenheiros de alimentos que se deram muito bem no mundo do Marketing Digital, Pedagogas que fazem sucesso no mercado de moda no varejo e atacado, por fim, Engenheiros que administram padarias e são muito felizes. No mundo do empreendedorismo, muito mais que nas organizações sólidas nacionais ou multinacionais, o que vale são as competências comportamentais, pois são elas que vão determinar se o profissional terá sucesso ou não.

O empreendedor de verdade reinventa aquelas competências tradicionais. Por exemplo, a LIDERANÇA muito conhecida há anos como:  a capacidade de conduzir, desenvolver e engajar colaboradores diretos e/ou indiretos. Hoje, para os empreendedores é muito mais que isso, entende-se como LIDERANÇA: a capacidade de liderar colaboradores, parceiros, clientes, fornecedores e principalmente seu mercado. A visão de direcionamento e escalabilidade do negócio, faz parte da competência liderança, a capacidade de gerar credibilidade e segurança aos seus stakeholders é papel do líder e considera-se fundamental.

O empreendedor precisa reinventar-se muitas vezes, principalmente para INOVAR. Porque o que era novidade ontem, “caiu na internet” e já estará ultrapassado daqui algumas horas. Bem provável, que quando você estiver lendo este artigo o que inventaram hoje nesse momento de minha escrita, já esteja velho no momento de sua leitura. INOVAÇÃO é encontrar novos “oceanos azuis” dentro de mercados saturados. É buscar interagir com a equipe ouvindo desde a ideia mais simples até a mais complexa.

Para os Empreendedores, INOVAR é criar um protótipo em um dia, testar no outro e vender no terceiro! Agora, como pode ser feito tudo isso, se o departamento de compras de minha multinacional preferida demora 3 dias para dar retorno a um formulário de 4 páginas? E as peças do protótipo só chegarão daqui 20 dias? Como fazer em empresas onde a resposta do financeiro, do jurídico e de compras leva quase dois meses?

Lembre-se, que existe uma necessidade básica nas organizações do futuro: A VELOCIDADE! E o desenvolvimento das competências dos empreendedores e seus times, precisa ser tão veloz quanto, assim, os cursos de inglês de 10 anos perderam mercado para os mais rápidos e objetivos, vejam o exemplo no case da Wisap. Bem como, módulos rápidos de empreendedorismo e inovação também trazem a velocidade no desenvolvimento de competências e geram resultados com alto impacto nos negócios. Sendo assim, não esqueça que para ser diferente, você precisa se reinventar a cada dia, mas para ser veloz esse processo precisa acontecer a cada minuto!

Ana Maduro

Para quem estiver em Belo Horizonte e quiser se aprofundar no tema, a Ana Maduro dará o curso “Empowerment de Empreendedores” no dia 04 de junho, das 9h às 17h.

Inscrições: http://www.ecncriativa.com.br/course/empowerment-de-empreendedores/


Comments

comments

Sem comentários

Deixe uma resposta